Pular para o conteúdo principal

Liberte-se do que não te faz feliz

Para ter uma vida com mais leveza e autoconfiança
18/03/2024 - 15h53
.

Como seria liberar e se desapegar de situações que só lhe trazem desconforto, infelicidade, angustia e ansiedade? Seria maravilhoso, não seria?

O Outono é uma estação propícia para deixar ir, especialmente sentimentos negativos que podem estar impedindo de você ser feliz. Você sabe por quê?

Esta estação do ano não se trata apenas da mudança climática, mas também de soltar o que não serve mais assim como as folhas secas caem das árvores simbolizando o desapego. Época para expressar gratidão pela vida e pela colheita do que você tem plantado, de encontrar contentamento na vida, estabelecer limites e para descobrir e escolher quem você realmente é.

Outro aspecto relevante é a associação do Outono com os pulmões e o intestino grosso, órgãos responsáveis pela limpeza e purificação do corpo.

A principal forma de desintoxicação do corpo é através da respiração. Aproximadamente 70% das toxinas são eliminadas pelo ar que entra e sai dos pulmões.

Este órgão realiza uma limpeza sutil através do ar, num ciclo que reflete o próprio ciclo de vida: inspiração (vida) e expiração (morte). Viemos a este mundo com nossa primeira inspiração e partiremos com nossa última expiração.

O intestino grosso, por sua vez, realiza uma limpeza mais densa através das fezes.

Esses são os dois métodos pelos quais o corpo e os sentimentos negativos são desintoxicados.

A estação está associada às emoções de tristeza e melancolia, ambas com um propósito na vida. A tristeza é uma mensageira que nos lembra de sentir alegria e gratidão pelo que temos, pois tudo na vida é transitório inclusive os bons momentos.

É um período de desapego de dúvidas sobre si mesma, de crenças limitantes, de insegurança, angustia, chateação e tudo mais que possa estar te impedindo de ter uma vida plena e feliz. O apego é uma das grandes fontes de sofrimento e infelicidade.

Assim como você não se apega ao ar que expira, deve deixar naturalmente os pensamentos e crenças irem, confiando que a vida te trará um ar renovado para que você viver plenamente

Quando estamos apegados e não soltamos o ar, nem os intestinos, é como se quiséssemos reter todo o ar do mundo com medo de faltar.

Quanto mais nos apegamos, mais desgastamos a energia dos pulmões e mais tristes, carentes, insatisfeitos e depressivos nos sentimos, entrando num círculo vicioso perigoso que pode levar a problemas respiratórios crônicos e graves como gripes frequentes, asma, bronquite, pneumonia, falta de ar e muitas outros

O que você pode fazer para começar a desapegar?

1. Entenda do que precisa se desapegar:

  • Quais são as situações das quais preciso me desapegar?
  • Onde preciso estabelecer limites: nos pensamentos, nos sentimentos negativos sobre mim e sobre a vida, nos vícios físicos (comida, chocolate, álcool, drogas, preguiça)?
  • Tenho dificuldade em dizer "não" para outras pessoas? Se eu tenho qual é o motivo?

2. Época muito boa para se desapegar de roupas, utensílios, sapatos, livros ou outros objetos que você não usa mais e nem sabe o motivo pelos quais ainda está guardando

3. Alguns alimentos que fortalecem os pulmões e ajudam a afastar a insatisfação, tristeza e depressão incluem gengibre fresco, guaco, aveia, geleia real, anis, cravo e banana.

4. Abrace-se mais, dê a si mesmo o carinho e o amor que busca nos outros. Isso fortalece sua imunidade e autoestima.

A vida é para ser vivida com alegria, contentamento, confiança mesmo nos momentos nublados da vida. Aproveite cada passo da sua jornada pois ela é única.

Feliz Outono para você.